top of page
Buscar
  • Syndic

Como lidar com conflitos entre condôminos


A convivência não é fácil. Desavença, implicâncias, falta de paciência e confusões de todos os tipos. Nenhum condomínio está a salvo destas situações. O síndico deve estar preparado para agir em ocorrências desagradáveis.

O síndico profissional da Syndic, Paulo Marques ressalta que a mediação de conflitos requer muita paciência, bom senso e imparcialidade. Uma dica importante é manter sempre o diálogo entre todas as partes envolvidas e promover encontros e reuniões para que os vizinhos se conheçam e discutam com coerência e maturidade suas desavenças.

Em um local onde as pessoas se conhecem melhor e criam laços de amizade, o entendimento fica mais fácil e claro e os conflitos podem ser amenizados. Cabe ao síndico propagar uma cultura de paz, estar sempre aberto a conversar e recorrer ao bom senso dos moradores para que sejam respeitadas as regras de boa convivência dentro do condomínio.

Outra poderosa ferramenta para evitar brigas é a comunicação direta e constante, sejam por cartazes, memorandos, e-mails, telefone e pessoalmente. Todos os condôminos devem estar cientes das informações importantes do condomínio. Ouvir todos os lados e sempre agir com cautela é essencial. Vale lembrar que o síndico terá o papel de apaziguar o conflito, a ele não cabe julgar e tomar partido. Diálogo e respeito são atitudes fundamentais para que tudo seja resolvido da melhor maneira.


16 visualizações0 comentário
bottom of page